Quem Somos

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI) é um órgão central da Universidade de São Paulo que tem como objetivos fomentar a pesquisa interdisciplinar, gerir os programas e políticas relacionados à pesquisa e estimular a inovação e harmonizar a atividade dos órgãos que promovem a inovação associados ou pertencentes à USP.

 

Desde sua fundação em 1934, a USP desenvolve papel fundamental no avanço da Pesquisa no país, seja no campo científico, tecnológico ou social, graças aos trabalhos realizados por seus alunos e docentes. Atualmente, é responsável por 22% de toda a produção científica no Brasil e conta com 1.632 grupos de pesquisa certificados pelo CNPq. Todo esse investimento na busca pela excelência rende à Universidade um alto padrão em escala mundial, tanto no ensino quanto na pesquisa.

Histórico

A criação da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP-USP) data de 1988 (Resolução nº 3461, de 07/10/88), quando teve lugar o processo de reformulação do Estatuto Geral da Universidade de São Paulo, que engendrou a reestruturação universitária após o fim do Regime Militar. A criação das quatro Pró-Reitorias (Graduação, Pós-Graduação, Cultura e Extensão Universitária e Pesquisa) teve papel central no projeto de renovação da administração central, com vistas à uma melhor organização das atividades-fim da Universidade.

A Pró-Reitoria de Pesquisa surgiu com o intuito de dar base comum e incentivo oficial à pesquisa. Durante suas primeiras gestões (1988-94), organizaram-se as diretrizes gerais que guiariam a atuação do órgão. Dentre as ações propostas no período, destacam-se a avaliação sobre a produção acadêmica global da Universidade, os primeiros projetos de internacionalização e a criação de mecanismos que promovessem maior comunicação entre Departamentos e Unidades, dentre os quais os Núcleos de Apoio à Pesquisa (NAPs). Desta época data também o início da informatização do campus São Paulo, perpetrada pela PRP, através da compra e distribuição de microcomputadores. Em meio ao contexto histórico conturbado, no entanto, o órgão, bem como toda a Universidade, passou por dificuldades. Apenas com a melhora no panorama político-econômico do país as atividades se estabilizariam e conseguiriam avançar com tranquilidade. Assim, a partir de meados dos anos 90, o crescimento na área de Pesquisa foi notável na Universidade.

A partir dos anos 2000, as atividades teriam continuidade, sendo reiterados os esforços de internacionalização. Para tanto, dentre outras ações, ampliaram-se os bancos de dados das pesquisas realizadas dentro da Universidade, inauguraram-se novos vínculos com instituições estrangeiras, e foi reforçado o apoio à pesquisa na Graduação. Neste momento, o simpósio anual de Iniciação Científica, passou a ser internacional, o SIICUSP (Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP).

Entre os anos de 2005 e 2009, a PRP teria por bases de ação o estímulo às parcerias com empresas de grande porte, a melhoria da infraestrutura de pesquisa e o incentivo a grupos produtivos. Data também deste período a criação do Programa de Pré-Iniciação Científica, que ao oferecer uma experiência de pesquisa a alunos do Ensino Médio da rede pública de ensino, visa aumentar a conexão USP-sociedade, bem como incutir o apreço à pesquisa nas novas gerações, ampliando o acesso à Universidade de São Paulo.

Considerando que a inovação é atividade-fim da USP por fomentar o intercâmbio de conhecimento entre a Universidade e a Sociedade, a
formação de profissionais para o trabalho no mundo contemporâneo e por ajudar a cumprir suas funções sociais, em 06.05.2022 a Pró-Reitoria de Pesquisa passou a ser a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação. Essa mudança tem o objetivo de tornar a agenda da inovação visível
às mais altas esferas administrativas da Universidade, de harmonizar a atuação dos seus órgãos de inovação, de capilarizar a inovação em todas as Unidades, Museus, Institutos Especializados e órgãos complementares, bem como de cuidar da vitalidade do ecossistema de inovação da USP.

Equipe

Pró-Reitor de Pesquisa
Prof. Dr. Paulo Alberto Nussenzveig

Pró-Reitora Adjunta de Pesquisa
Prof.ª Dra. Susana Inês Cordoba de Torresi 

Pró-Reitor Adjunto de Inovação
Prof. Dr. Raul Gonzalez Lima

Assessores
Prof.ª Dra. Ana Paula Tavares Magalhães
Prof.ª Dra. Débora Fior Chadi
Prof. Dr. Gilberto Francisco Martha de Souza
Prof.ª Dra. Roseli de Deus Lopes

Servidores
Claudia Fuller
Cíntia Barcelos Lacerda
Francine Silberfeld
Juçara Pigato
Márcia Hamada
Otávio Gregori Júnior
Rebeca Camarotto
Ricardo Reis
Rosa Perez
Rosemeire Domingues
Sonia Bueno

Estagiários
Eloisa Queiroz
Maurício Milanez Eleutério
Pedro Lima Shiraishi

Pró-Reitores de Pesquisa | USP:

Prof. Dr. Paulo Alberto Nussenzveig (fevereiro de 2022 – atual)

Prof. Dr. Sylvio Roberto Accioly Canuto (março de 2018 – janeiro de 2022)

Relatório de Atividades 2018-2021

Prof. Dr. José Eduardo Krieger (dezembro de 2014 – janeiro de 2018)

Prof. Dr. Marco Antonio Zago (janeiro de 2010 a dezembro de 2014)

Profa. Dra. Mayana Zatz (dezembro de 2005 a dezembro de 2009)

Prof. Dr. Luiz Nunes de Oliveira (dezembro de 2001 a novembro de 2005)

Prof. Dr. Hernan Chaimovich Guralnik (dezembro de 1997 a novembro de 2001)

Prof. Dr. Hugo Aguirre Armelin (fevereiro de 1994 a novembro de 1997)

Prof. Dr. Geraldo Gomes Serra (agosto de 1993 a fevereiro de 1994)

Prof. Dr. Erney F. Plessmann de Camargo (dezembro de 1988 a agosto de 1993)